Notícias


16/10/2019 - Escola Municipal Gino André Barbosa realiza Dia de Campo sobre revitalização de nascente

No Dia de Campo, os alunos podem experienciar de maneira concreta conteúdos abordados em sala de aula


A Escola Municipal Gino André Barbosa, de Posses do Chumbo, realizou no último dia 26 de setembro juntamente com os proprietários da fazenda Reserva Heitor, na região de Colônia Agrícola, o 12º Dia de Campo, intitulado, este ano, “Revitalização de Nascente”.

Além de palestras sobre a temática, os estudantes e diversos parceiros fizeram um delicioso lanche ao ar livre, puderam realizar uma caminhada pelo bosque e por trilhas da reserva, verificaram quanta água brota da nascente recuperada e plantaram mais de 100 mudas nativas no local.
A fazenda, administrada pelos proprietários Sheyla Heitor e Marcus Heitor, hoje já pode contar com uma nascente preservada e revitalizada, fruto de várias ações implementadas no local e uma parceria de 12 anos com a escola.

Para a diretora Edneuza Aparecida de Almeida Pains, um dos papéis da escola é trabalhar as questões ambientais, tendo em vista que é nela que os estudantes, ainda em processo de formação, constroem, com a mediação dos educadores, suas concepções e posturas cidadãs, podendo formar, assim, uma consciência ambiental.

Segundo o supervisor da escola, José Antonio Pains Silva, o evento é um dos projetos desenvolvidos pela escola que traz o meio ambiente como temática principal. O Dia de Campo é o momento no qual as crianças podem colocar em prática conhecimentos estudados em sala de aula. Além disso, as atividades desse dia oportunizam a cada um experiências concretas, a possibilidade de ver resultados do trabalho já realizado, podendo, posteriormente, aplicar os saberes adquiridos na propriedade e residência de suas famílias.

Para Sheyla Heitor, é um orgulho participar desse projeto, pois, hoje, após vários anos de cuidado, é possível verificar que a nascente, antes uma área de pastagem e seca, está recuperada, possui vasta área de preservação ambiental e água em abundância. A água é utilizada nas atividades diversas da fazenda e a sobra deságua na nascente do Rio da Prata. "Que esta ação sirva de exemplo para todos os produtores da região”, diz a produtora.
 




OUTRAS NOTÍCIAS

Doente crônico deve manter acompanhamento médico mesmo durante pandemia

veja mais

Covid-19: decreto autoriza abertura de restaurantes e estabelece regras para funcionamento

veja mais

Criação de agenda positiva é tema de reunião com representante da Codevasf

veja mais

Covid-19: casos em Patos de Minas aumentam e chegam a 27

veja mais

Covid-19: Patos de Minas se destaca como única cidade mineira a cumprir meta em testes aplicados pelo Ibope

veja mais

Estudo técnico para restauração da Matriz de Santana é iniciado

veja mais

Centro Especializado em Reabilitação atenderá deficientes físicos e visuais

veja mais

Conviver: 20 anos oferecendo mais qualidade de vida a idosos de Patos de Minas

veja mais


   VOLTAR